© 2018

ana santos silva

Show More

toda a fotografia é uma ficção que se apresenta como verdadeira. contra o que nos inculcaram, contra o que costumamos pensar, a fotografia mente sempre, mente por instinto, mente porque a sua natureza não lhe permite fazer outra coisa. contudo, o importante não é essa mentira inevitável, mas como o fotógrafo a utiliza, a que propósitos serve. o importante, em suma, é o controle exercido pelo fotógrafo para impor um sentido ético à sua mentira. o bom fotógrafo é o que mente bem a verdade (Fontcuberta 1997: 13)

FONTCUBERTA, Joan (1997) O beijo de Judas. Fotografia e Verdade, Barcelona, Editorial Gustavo Gili, 2010.